• factor-kline

Como o COVID-19 está mudando as tendências dos antimicrobianos na área de cuidados pessoais


Com o COVID-19 ainda impactando os mercados em todo o mundo, o Fundo Monetário Internacional (FMI) reviu em junho suas projeções de contração da economia global. Se antes (abril de 2020) , o FMI projetava uma contração de 3% , agora , o Fundo projeta que a economia global encolha perto de 5% em 2020. Uma das muitas indústrias prejudicadas pela pandemia é a de cuidados pessoais. Embora muitos produtos de higiene pessoal sejam essenciais, outros não são. Mudanças na demanda por cosméticos impactarão por consequência o mercado de ingredientes para produtos de cuidados pessoais, com diferentes intensidades dependendo da categoria de ingredientes .

Espera-se que o impacto no mercado de cosméticos varie de uma categoria de produto para outra. Por exemplo, espera-se que a demanda por produtos de higiene pessoal, como sabonetes, loções para as mãos e para o corpo e desinfetantes para as mãos, cresça durante a pandemia à medida que aumenta a importância da higiene. Por outro lado, espera-se que a demanda por outros produtos , como produtos para coloração ou modelagem de cabelos, diminua.

Do lado dos ingredientes, a categoria de antimicrobianos, que inclui conservantes, é essencial e utilizada em todos os tipos de produtos de higiene pessoal. Isso torna os antimicrobianos uma das categorias de ingredientes mais resilientes entre todas as categorias de ingredientes para cuidados pessoais.

Além disso, nos próximos anos, espera-se que as tendências observadas até agora no uso de antimicrobianos em produtos de higiene pessoal sejam revertidas ou desaceleradas devido ao COVID-19. Por exemplo, espera-se que as tendências que vinham ganhando velocidade - como produtos de higiene pessoal sem conservantes - diminuam à medida que os consumidores procuram comprar produtos de higiene pessoal que podem mantê-los protegidos do COVID-19. A mudança negativa dos antimicrobianos convencionais, como DMDMH ou parabenos, também deve diminuir . Ao mesmo tempo, a pesquisa para encontrar alternativas para os antimicrobianos convencionais será atrasada, pois tanto os fornecedores de ingredientes quanto os formuladores enfrentarão situações financeiras mais complexas nos próximos anos.

Assine o nosso relatório:"Personal Care Ingredients: Antimicrobials" e obtenha uma completa visão sobre os ingredientes antimicrobianos usados em formulações de cuidados pessoais, seu consumo e fornecimento, e as motivações e restrições que afetam seu crescimento. Para obter mais informações sobre a demanda por ingredientes de cuidados pessoais e nossas projeções, leia nosso artigo recentemente publicado COVID-19: Ingredientes de beleza enfrentam um caminho desafiador (https://klinegroup.com/how-covid-19-is-changing-trends-within-antimicrobials-in-personal-care/)

Para mais informações, entre em contato com a Factor-Kline

Fonte: Kline&Co.

© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook