© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook
Please reload

ARTIGOS RECENTES: 

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

Qual é o rumo da indústria de lubrificantes? – O novo relatório Kline Perspectivas 2018 identifica as principais tendências

 

A Kline, uma empresa global de inteligência competitiva e consultoria em gestão especializada na indústria de lubrificantes, publicou um novo relatório de pesquisa que descreve as principais tendências que devem ter um impacto duradouro na indústria de lubrificantes. O Kline Perspectives 2018 examina os eventos que ocorreram no ano passado, apresenta informações sobre a situação atual da indústria e analisa as 10 principais tendências previstas para orientar os rumos da indústria no médio prazo.

 

O surgimento de novos canais de distribuição, como e-commerce, exigências relativas a veículos elétricos, especialmente na Europa, o ecossistema emergente de fabricação industrial, também conhecido como ‘indústria 4.0’, e o crescente poder das OEMs estão entre as principais tendências que estão dando forma à indústria”, comentou Kunal Mahajan, gerente de projetos na Kline. “Estas e outras tendências têm potencial para transformar a indústria de lubrificantes nos próximos 15 a 20 anos, e é importante que os participantes dessa indústria estejam alertas sobre seu impacto.”

 

Para os fabricantes globais e regionais de lubrificantes, fornecedores de ampla gama e especializados que buscam uma estratégia proativa em vez de reativa, nunca foi tão importante examinar as tendências de forma holística”, comentou Yana Wilkinson, Diretora da área de Consultoria em Energia da Kline. “Ou seja, nos referimos à necessidade de examinar os fatores condutores ‘na fonte’ — ou seja, rastreando-os até as indústrias consumidoras e aplicações — para obter maior clareza sobre o que orienta as exigências de lubrificação. A primeira edição do Kline Perspectives é nossa tentativa de refinar nossa forma de olhar para o futuro e formular implicações em relação ao negócio de lubrificantes. Conectamos megatendências com implicações específicas para seu mix de marketing, sendo que fizemos isso analisando como partes diferentes da cadeia de valor dos lubrificantes interagem, em vez de nos concentrarmos nas partes separadas. Estamos ansiosos com relação aos diálogos que resultarão e planejamos incorporar o resultado e os desenvolvimentos mais recentes nas edições subsequentes do relatório.”

 

A primeira parte do estudo analisa os principais eventos que caracterizaram o ano passado, de importantes movimentos de fusões e aquisições a eventos políticos proeminentes que tiveram implicações na indústria. Ele também analisa as tendências que devem ser observadas com atenção por todos os participantes da indústria de lubrificantes.

 

As previsões e implicações dessas tendências são o resultado de uma colaboração entre especialistas da equipe de pesquisa e da área de consultoria de gestão da Kline. Suas idéias em comum resultaram na identificação dos principais temas do mercado de lubrificantes, que refletem megatendências com impacto na indústria de lubrificantes, evolução da concorrência e influenciadores, bem como desenvolvimentos na oferta de produtos e serviços. Se tiver interesse nos solicite exemplos ou entre em contato para obter mais informações.

 

A segunda parte do relatório apresenta informações quantitativas importantes sobre os mercados de lubrificantes, óleos básicos e aditivos para lubrificantes. Tais informações incluem números e dados sobre o tamanho dos mercados, taxas de crescimento, principais participantes da indústria, lançamentos de novos produtos e principais segmentos de mercado. Estes insights se basearam na análise aprofundada dos já tradicionais relatórios de inteligência competitiva da Kline, como Global LubricantsGlobal BasestocksGlobal Lubricant Additives, bem como no banco de dados exclusivo da Kline, LubesNet.

 

O banco de dados LubesNet fornece dados granulares que abrangem a demanda por lubrificantes acabados no nível de mercado global, regional, nacional, segmento de mercado, tipo de produto e grau de viscosidade. Se quiser saber, por exemplo, a razão entre o uso de PCMO monograduado e PCMO multigraduado na Nigéria ou quais países consumiram mais óleo para motor 2T/4T em 2017, o LubesNet resolve essas dúvidas. Em sua 12ª edição anual, três novos países — Kuwait, Omã e Catar — foram adicionados, totalizando 59 mercados nacionais abrangidos.

 

O Kline Perspectives 2018 liga os pontos da cadeia de valor e ajuda os assinantes a entender a complexidade das indústrias de lubrificantes, óleos básicos e aditivos. Capture quais tendências afetarão essas indústrias e o seu negócio e identifique oportunidades para crescimento alto, bem como possíveis ameaças no mercado. Esse relatório não só é um recurso essencial para aqueles que participam diretamente da indústria, mas também é uma base de possíveis oportunidades de pesquisa por investimentos.

 

Para maiores informações, entre em contato com a Factor-Kline e agende uma conversa com um de nossos especialistas.

Please reload

CATEGORIAS: