Please reload

ARTIGOS RECENTES: 

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

Kline, Google e IRI falam sobre Big Data e seus impactos no Negócio da Beleza

Fonte: Personal Care Products Council

 

Na reunião anual do Personal Care Products Council (Conselho de Produtos de Cuidados Pessoais), Susan Babinsky, Vice-Presidente da Kline, moderou a discussão “Driving the Beauty Industry Forward with Data” (Conduzindo o progresso do setor de beleza com dados). O conteúdo e os insights compartilhados pela mesa ajudaram os participantes a entender como podem obter maior vantagem de suas próprias fontes de dados, bem como de terceiros, para impulsionar o desempenho dos negócios. 

 

Babinsky destacou como os clientes estão usando a ferramenta com base no algoritmo da Kline, Amalgam Digital Beauty Monitor, que classifica produtos de beleza para entender o ranking no setor de beleza digital. Por exemplo, a marca de delineador automático da Ulta está entre os mais recentes vencedores. 

 

Conor Begley, co-fundador da Tribe Dynamics, compartilhou a experiência da sua empresa em relação ao impacto de um vídeo vencedor no YouTube – citando um tutorial do Manny Mua para cosméticos Wet N Wild, que atingiu mais de 3 milhões de visualizações. Alison Marino-Cowlishaw, líder de Indústria do Google, compartilhou sua perspectiva sobre a importância de micro influencers e a ferramenta que o Google oferece, chamada Famebit: trata-se de uma plataforma que conecta marcas a criadores, a fim de alcançar a comunidade de influencers. Ela permite que as marcas estabeleçam seus próprios orçamentos, compartilhem seus objetivos de negócio e gerenciem dados em uma única plataforma.

 

Babinsky explicou como identificar e obter vantagens em relação a marcas indie como Air Repair, uma das marcas com melhor desempenho em tratamentos oculares no Amalgam Digital Beauty Monitor da Kline. O membro da mesa, Larry Levin, Vice-Presidente Executivo de Insights de Consumidores & Compradores na Information Resources (IRI), apresentou insights de consumidores provenientes de seu estudo, explicando que o segmento de consumidores “digitais” representou 33% dos consumidores de beleza e é o maior segmento, com crescimento mais rápido. Moiz Ali, fundador da marca indie Native – adquirida pela Procter & Gamble – explicou a importância de se conectar com os consumidores e como seu feedback foi essencial para refinar e revisar as formulações dos produtos. Babinsky também compartilhou sua perspectiva sobre como marcas disruptivas, como a Glossier, estão usando sua expertise em engajamento social e seus dados para refinar constantemente suas estratégias digitais e comerciais. Babinsky ainda destacou que marcas como Glossier e Kylie Jenner são provas claras de que as barreiras à entrada no setor da beleza desapareceram e que um dos maiores desafios para as marcas tradicionais hoje é manter sua relevância e autenticidade nesse mercado dominado por marcas indie. Em breve publicaremos nosso artigo sobre como marcas tradicionais podem enfrentar esse desafio.

 

Solicite um link para um vídeo da nossa próxima sessão!

 

Para maiores informações, entre em contato com a Factor-Kline.

 

 

Fonte: Kline & Co.

 

 

Please reload

CATEGORIAS:

© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook