© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook
Please reload

ARTIGOS RECENTES: 

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

Crescimento e tendências do mercado de produtos para saúde digestiva

 

O mercado de produtos para saúde digestiva passou por grandes mudanças nos últimos anos. Anteriormente conhecidos somente pelos benefícios na saúde digestiva, esses produtos agora apresentam benefícios de suporte imunológico, para a saúde da mulher (controle do pH e da saúde vaginal), melhorias na absorção de nutrientes e até mesmo na saúde cerebral e cardiovascular. Existe uma ampla variedade de apresentações de suplementos probióticos disponível, como bebidas, refrigerantes, chicletes, gomas e biscoitos. Alimentos integrais com fontes de probióticos, além de lanches e petiscos, como chips, chocolates e outros, estão se tornando populares entre os consumidores atuais, cada vez mais exigentes. Mesmo produtos para cuidados para a pele aplicados de forma tópica estão tendo um impacto no mercado. Marcas de cuidados para a pele, como Tula, introduziram cuidados para a pele à base de probióticos.

 

Na definição da Kline, o mercado de saúde digestiva inclui os seguintes tipos de produtos:

  • Suplementos probióticos (suplementos refrigerados e que não exigem refrigeração, incluindo aqueles que combinam prebióticos e/ou enzimas digestivas com probióticos).

  • Bebidas probióticas (incluindo marcas selecionadas de kombucha e kefir)

  • Enzimas digestivas

 

Embora o mercado norte-americano de OTC tenha tido dificuldade de crescimento real nos últimos anos, as marcas de saúde digestiva cresceram rapidamente nos últimos anos, por isso é importante que fabricantes de marcas tradicionais de OTC compreendam o impacto desses produtos em seus negócios.

 

Suplementos probióticos estão disponíveis em apresentações que exigem ou não refrigeração, o que permite que mais bactérias sobrevivam. Tanto probióticos refrigerados como não refrigerados contêm bactérias vivas que introduzem boas bactérias no sistema digestivo. Suplementos probióticos refrigerados normalmente contêm mais cepas de bactérias vivas do que a maioria dos produtos que não exigem refrigeração e são significativamente mais caros, com preço de varejo entre US$ 25,00 - US$ 50,00, quase o dobro do preço de marcas de probióticos não refrigerados.

 

Bebidas probióticas são o segundo maior segmento no mercado de saúde digestiva, atrás de suplementos probióticos, mas são o segmento que cresce mais rápido. Elas incluem marcas de kombucha e kefir. Kombucha é um tipo de chá fermentado que contém culturas de leveduras e bactérias, ao passo que o kefir é feito do leite de vaca, cabra, ovelha, coco, arroz ou soja, e é fermentado a baixas temperaturas com culturas bacterianas. Bebidas probióticas exigem refrigeração e tendem a ser vendidas por canais de distribuição em massa mais tradicionais, como lojas de alimentos e hipermercados. Enzimas digestivas são um segmento pequeno do mercado de saúde digestiva, conhecidas por ajudar na digestão de alimentos auxiliando na decomposição de nutrientes.  Embora benefícios adicionais das enzimas digestivas estejam em estudo, pesquisas indicam que enzimas como lactose ajudam na digestão, reduzem a inflamação intestinal e os gases, além de reforçar a imunidade.

 

Quer saber mais? BAIXE o informativo “Digestive Health Products Far Outpacing OTC Market Growth: Probiotics Lead the Way”.

 

Este artigo e o nosso informativo se baseiam no nosso estudo “Digestive Health, Immunity, and Probiotics” publicado em junho de 2017. Esse relatório apresenta uma avaliação abrangente de mercado das marcas e empresas e analisas as tendências no mercado de produtos de saúde digestiva.

 

Para maiores informações, entre em contato com a Factor-Kline.

 

Fonte: Kline & Co.

 

 

Please reload

CATEGORIAS: