Como o Big Data pode ajudar as empresas a vender mais nos salões de beleza

Como marcas de produtos profissionais para os cabelos podem vender mais produtos e ganhar mais espaço nas prateleiras de salão com a ajuda de dados

 

O panorama do mercado de cuidados com os cabelos em salões de beleza vem mudando rapidamente, com muitas marcas expandindo sua distribuição através de novos canais, incluindo varejistas como Sephora e Ulta. Apesar disso, nosso mais recente relatório sobre o mercado de produtos profissionais para os cabelos, “Salon Hair Care Global Series”, mostra que as marcas de cuidados com os cabelos nos Estados Unidos ainda preferem salões de beleza profissionais para atingir seu consumidor-alvo. As vendas de produtos profissionais para cuidado com os cabelos através de salões de beleza respondem por 74% de todas as vendas.

 

O canal distribuidor ainda domina o segmento, com 68% das vendas de produtos de cuidados com os cabelos para salões de beleza. Por anos, as relações entre os consultores de vendas e os salões teve forte influência em quais marcas chegavam às prateleiras. Observa-se uma nova onda de marcas indie devido ao número de marcas antigas sendo adquiridas. De acordo com o “Kline PRO”, em 2017, houve crescimentos de dois dígitos nas vendas de varejo com uma série de marcas indie, incluindo Milkshake, Organic Pure Care e Verb. Embora distribuidores nacionais e internacionais aumentem rapidamente seus portfólios de produtos, há algo que não aumentou – o espaço das prateleiras nos salões de beleza. Com uma redução de 7,8% no varejo em salões, muitos deles reduziram seu nível de estoque, sendo que alguns chegaram a abandonar completamente o varejo, alegando motivos como a preferência dos clientes por compras online ou por marcas de massa mais baratas.

 

Com tantas marcas disputando a atenção dos consumidores, é mais importante do que nunca saber o que os consumidores de fato estão comprando nas prateleiras de salões e quais são os serviços mais requisitados. Com espaço limitado nas prateleiras, os salões precisam garantir que os produtos que disponibilizam terão saída. Ter informações concretas a esse respeito ajudará consultores de vendas a serem mais proativos no planejamento de um mix mais lucrativo de produtos. Por exemplo, em 2017, vimos um aumento em shampoos para cabelos coloridos, sendo que os maiores aumentos foram da Celeb Luxury, Amika e Keune. Ser capaz de demonstrar com fatos que as vendas de shampoos para cabelos coloridos estão crescendo e quais marcas estão impulsionando tal crescimento dá aos salões a certeza de que dedicar espaço para esses produtos será uma decisão sábia. O fato de que o número de tratamentos nos salões cresceu 9% em 2017, com um aumento associado de 12% nas receitas, pode ajudar a educar e apoiar a equipe do salão para que se mantenha atualizada com as tendências. São dados como estes que os salões buscarão para melhorar a gestão de seus negócios.

 

Para refletir as principais prioridades da sua marca com um custo acessível, você pode selecionar os dados de que precisa com nosso “Kline PRO Snippets”. Com os dados recém-adquiridos, você também obterá formas acionáveis de realizar upsell nos pedidos de compra dos seus distribuidores, aprimorar suas campanhas de marketing e anúncios comerciais.

 

Para maiores informações, entre em contato com a Factor-Kline.

 

Fonte: Kline & Co.

Please reload

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

CATEGORIAS:

ARTIGOS RECENTES: 

Please reload

© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook