© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook
Please reload

ARTIGOS RECENTES: 

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

Futuro elétrico trará grandes mudanças ao mercado de lubrificantes

 

A dificuldade em prever quão rápido ou quão longe as coisas irão se mover em direção à eletrificação de veículos nos próximos 20 anos faz com que entender as implicações para a indústria seja um grande desafio. George Morvey, gerente do setor de energia da Kline, em sua sessão na ICIS World Base Oils and Lubricants Conference, realizada em Londres, explorou as oportunidades para fornecedores de lubrificantes e as ações que precisam ser tomadas.
 

As manchetes da mídia apontam para um futuro totalmente elétrico na motorização de veículos - e aparentemente muito em breve! Sim, é certamente um dos principais fatores da indústria que os analistas estão monitorando. No entanto, os pontos de vista sobre a futura inserção de veículos totalmente elétricos geralmente são moldados por onde uma organização se encontra no mercado. Fornecedores de bateria e veículos elétricos (VE), por exemplo, naturalmente pintam um quadro de forte crescimento, o que contribui para manchetes impactantes. Por outro lado, os fabricantes de veículos de combustão interna convencionais (ICE, em inglês), refinarias, fornecedores de combustível e empresas de lubrificantes e aditivos sugerem uma visão mais conservadora. A Kline está na posição privilegiada de poder ter uma visão neutra sobre esse mercado em constante mudança e suas implicações mais amplas.

 

Eletrificação para 2025 - um nicho de mercado

 

Olhando a curto prazo, até 2025, espera-se que a mobilidade elétrica permaneça como um nicho de mercado relativamente pequeno. O grau de eletrificação da motorização variará de acordo com a região e o país, refletindo principalmente a pressão das regulamentações governamentais juntamente com as condições geográficas, disponibilidade imediata de energia e investimento em infraestrutura de carregamento. Neste período, a maioria dos chamados “veículos elétricos” serão híbridos que ainda contarão com um motor de combustão interna para acionamento das rodas pelo menos em parte do tempo.

 

A eletrificação exercerá apenas uma influência limitada sobre a demanda de carros e outros lubrificantes acabados até 2025.

 

Em alguns dos mercados em rápido crescimento na Ásia-Pacífico e nas economias emergentes do Oriente Médio, África e América Latina, as vendas de carros continuarão impulsionando o crescimento do mercado de lubrificantes de automóveis de passageiros (PCMO). Este será até mesmo o caso da China, onde as metas para vendas de veículos indicam que a inserção de veículos elétricos deve ser maior. Neste caso, o crescimento do mercado de PCMO irá simplesmente refletir o aumento nas vendas de carros, muitos dos quais ainda conterão algum tipo de motor de combustão interna. Por outro lado, nos Estados Unidos e na Europa, a demanda de PCMO será mais suscetível à pressão descendente, mesmo sob um cenário de baixa penetração de veículos elétricos. Isso se deve principalmente aos avanços tecnológicos e ao desejo de intervalos maiores de troca de lubrificante.

 

Neste período, os requisitos da economia de combustível elevarão os graus de viscosidade do lubrificante para SAE 0W-8 e abaixo. Em um ambiente de novos materiais, complexidade adicional e aumento da eletrificação, serão necessários lubrificantes mais avançados para assegurar que a proteção do veículo seja mantida. Há certamente espaço para inovação e diferenciação significativa de produtos.

 

Adoção em larga escala

 

Participantes do mercado sugerem que 2025 pode ser um ponto de virada para a adoção em larga escala de veículos movidos a bateria elétrica (BEVs, em inglês). É provável que este seja o caso se, neste ponto, o custo dos BEVs atingir o mesmo nível dos veículos convencionais ou se tiver sido imposta legislação que proíba a venda de veículos movidos a motor de combustão interna.

 

De acordo com nossa análise, a visão para os veículos elétricos em 2040 será muito diferente da de 2017.

 

Porcentagem de veículos elétricos dos 15 principais mercados do mundo, 2017 e 2040

 

 

Até 2040, os híbridos terão cumprido seu propósito, como a ponte para a eletrificação total. Levando em conta os 15 principais mercados do mundo, o market share de BEVs crescerá para cerca de 16% do total de veículos elétricos, com cerca de metade dos veículos elétricos do mundo em estradas chinesas. No entanto, veículos de combustão interna continuarão a responder por mais de três quartos da porcentagem de veículos total.

 

Claramente, este crescimento de veículos movidos a bateria elétrica tem o potencial de reduzir o consumo de lubrificantes, uma vez que a falta de um motor de combustão interna elimina a necessidade de PCMO, que é a maior categoria de produtos lubrificantes. Entretanto, os veículos de bateria elétrica também criarão requisitos que impulsionarão o desenvolvimento de novos produtos, como líquidos de arrefecimento, graxas especiais e fluidos de engrenagem e de transmissão. Os fornecedores de lubrificantes têm a oportunidade de introduzir produtos específicos de veículos elétricos de alto valor para compensar qualquer perda de volume que possa ocorrer.

 

Para ter sucesso nos próximos anos, à medida que a adoção de veículos elétricos continua moldando o mercado, os fornecedores de lubrificantes precisam monitorar a evolução desta área em constante mudança. Esse é particularmente o caso, pois os veículos elétricos exercem uma maior influência no mercado de lubrificantes acabados, principalmente como subproduto de melhorias tecnológicas, novos processos de produção, novos materiais e a inevitável convergência com outras tecnologias, como os transportes autônomos.

 

Frente a tantas incertezas, é importante que os participantes do mercado olhem além dos números básicos do mercado, como o crescimento ou o declínio de volume. Atendendo-se às mudanças mais amplas na cadeia de valor e pensando criativamente, os fornecedores de lubrificantes poderão garantir que seus produtos sejam selecionados pelos usuários (consumidores) de veículos elétricos e pelos provedores de serviços responsáveis pela manutenção de veículos.

 

Kline & Company na ICIS Londres

 

A apresentação de George Morvey na ICIS World Base Oils and Lubricants Conference apresentou uma visão única do mercado de veículos elétricos sob a perspectiva dos fornecedores de lubrificantes. Ele explorou os três principais temas mostrando o impacto que os veículos elétricos possivelmente terão sobre os lubrificantes:

  • Como o mercado pode mudar no futuro, para lubrificantes, vendas e distribuição.

  • Visão sobre o impacto comercial dos veículos elétricos na venda e distribuição de PCMO e as oportunidades para fornecedores e distribuidores como resultado.

  • Como a inserção de veículos elétricos está impulsionando a demanda de produtos sintéticos, graus mais baixos de viscosidade e está abrindo o mercado para novos fornecedores, novas rotas para o mercado e novas ofertas de produtos.

 

Após sua apresentação, Morvey participou de um painel de discussão que explorou ainda mais as oportunidades para os negócios de lubrificantes e óleos básicos na futura infraestrutura de carregamento e indústrias de veículos elétricos.


O relátorio “PCMO Market in 2040: A Long-term Outlook”​

 

Este relatório explora as influências de tecnologias emergentes no mercado global de PCMO. Veículos elétricos, empresas de compartilhamento de caronas e veículos autônomos são apenas alguns dos fatores que o relatório examina em termos de seu impacto no consumo futuro de lubrificantes. São fornecidos perfis dos 15 principais mercados do país, que permitem avaliar a base de clientes e o surgimento potencial de novos grupos de clientes. O relatório também fornece informações sobre a demanda por grau de viscosidade, nível de qualidade e a inserção de produtos sintéticos para ajudar os clientes a identificar novas oportunidades.

 

Este relatório permite que os leitores avaliem a futura demanda global de PCMO com base em diversos parâmetros, o que permite o desenvolvimento de vários cenários de mercado que podem ajudar a avaliar as oportunidades e os desafios futuros.

 

Leia mais sobre nosso relatório “PCMO market in 2040” ou compre uma cópia.

 

Para mais informações, entre em contato com a Factor-Kline

Fonte: Kline & Co



 

 


 

 

 

 
Please reload

CATEGORIAS: