© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook
Please reload

ARTIGOS RECENTES: 

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

O mercado de tratamento de sementes na Austrália

 

Na Austrália, o cultivo de trigo corresponde a mais de 25% da produção agrícola no país. Entre todas as commodities agrícolas produzidas, a única que supera o trigo é o gado.

 

No entanto, a Austrália é um produtor relativamente pequeno de grãos, com sua produção anual de trigo sendo equivalente a cerca de 3% da produção mundial. Devido ao baixo consumo doméstico, cerca de 70% do trigo australiano é exportado. Esse alto excedente de exportação faz com que a Austrália seja um dos cinco maiores exportadores do mundo.

 

O trigo representa o maior número de hectares tratados no país, e os fungicidas são responsáveis pela grande maioria dos tratamentos de sementes. Nenhum produto de tratamento de sementes é registrado para soja na Austrália, portanto nenhum mercado é contabilizado. Maxim XL é a marca líder, respondendo por 18% de todo o mercado de tratamento de sementes, seguido por Raxil e Vibrance. Os inseticidas primários usados no tratamento de sementes são o Gaucho 600 e o Cruiser Opti.

 

A Syngenta foi a principal fornecedora de produtos químicos para tratamento de sementes em 2018, representando mais de 50% do mercado total, seguida pela Bayer e pela Arysta LifeScience. A Syngenta tem uma forte participação no mercado de produtos de tratamento de trigo e canola, mas a Bayer é líder no mercado de tratamentos de sementes de trigo.

 

Aproximadamente metade da safra de trigo plantada recebe tratamento de sementes, de acordo com pesquisas realizadas pela GRDC e entrevistas conduzidas pela Kline. Essa porcentagem varia de região para região e é mais alta na região sul do país.

 

O tratamento de sementes é geralmente feito pelos próprios produtores ou por empresas de seed grading, que vão de fazenda em fazenda para avaliar as sementes e aplicar o tratamento. É uma prática comum, particularmente no Sul da Austrália, Nova Gales do Sul e Victoria, utilizar calibradores de grãos.

 

É mais comum, na Austrália Ocidental, os próprios agricultores aplicarem esses tratamentos. Esta região utiliza relativamente menos produtos de tratamento de sementes, mas a conscientização sobre os benefícios destes produtos está aumentando rapidamente, impulsionando o crescimento do mercado de tratamento de sementes de trigo. O mercado para tratamento de sementes de trigo deverá atingir 20 milhões de libras em 2023, com um CAGR de 5,9%.

 

Uma das maiores empresas de classificação de sementes do país é a Hannaford, que oferece gerenciamento, processamento e tratamento de sementes em todo o país, para trigo e canola. Inicialmente adquirida pela Chemtura (agora parte da Arysta LifeScience), a empresa promove as marcas de tratamento de sementes Arysta LifeScience.

 

O aumento do uso da tecnologia GM na canola está fazendo com que o mercado de tratamento de sementes de canola também cresça em ritmo acelerado. Além disso, novas áreas deverão ser adicionadas ao cultivo de canola, especialmente no sul da Austrália, devido a condições climáticas favoráveis. Isso resultará futuramente em um aumento na produção, o que impulsionará a indústria de tratamento de sementes de canola na Austrália.

 

“Seed Treatment: Global Market Analysis and Opportunities” apresenta uma análise detalhada com perspectivas exclusivas para um dos setores mais dinâmicos do mercado de proteção de culturas.

 

Para mais informações, entre em contato com a Factor-Kline

Fonte: Kline & Co

 

 

 

Please reload

CATEGORIAS: