© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook
Please reload

ARTIGOS RECENTES: 

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

O mercado de tratamento de sementes na França

 

Regulamentações estão impactando fortemente o mercado global de produtos fitossanitários na França. Para garantir um melhor controle dos pesticidas utilizados no país, o governo francês implementou a certificação Certiphyto, uma disposição do plano nacional Ecophyto. Desde 2015, todos os usuários profissionais de pesticidas devem obter esta certificação para utilizar qualquer tratamento químico de sementes.

 

Alternativas ao Tratamento Convencional de Sementes

 

Uma alternativa sustentável ao tratamento convencional são os tratamentos biológicos de sementes. Entretanto, tratamentos biológicos não tiveram grande representatividade na França em 2018, uma vez que exigem maior complexidade de uso e são mais caros. Além disso, os agricultores preferem optar por outros produtos mais eficientes e já conhecidos.

 

Organismos geneticamente modificados (GMO, em inglês) também podem ser uma alternativa. O cultivo de OGM é feito em vários países, incluindo Estados Unidos, Índia e Dinamarca, para aumentar os rendimentos e a resistência a doenças em comparação com as variedades convencionais. No entanto, os OGMs são proibidos na França, e não se espera que o governo passe a permitir seu uso a curto e médio prazos. Como resultado, as pesquisas na França estão focadas no desenvolvimento de variedades híbridas de sementes não transgênicas.

 

Impacto dos Regulamentos

 

Uma grande parte dos inseticidas convencionais pode afetar fortemente as variedades benéficas de insetos, especialmente as abelhas. Consequentemente, os inseticidas são responsáveis pela maioria dos produtos fitofarmacêuticos proibidos no país. As restrições de inseticidas dizem respeito aos seguintes ingredientes ativos: tiametoxam, fipronil, imidaclopride e clotianidina. Uma vez que a proibição só entrou em vigor em dezembro de 2018, o imidaclopride foi amplamente utilizado entre 2017 e 2018 pelos agricultores, especialmente para tratar as culturas de trigo e beterraba.

 

Nos últimos anos, o mercado de tratamento de sementes de canola na França tem sido o mais afetado pela proibição de dois produtos de tratamento de sementes com alto valor de mercado - Cruiser OSR e Mesurol. Por estas razões, em 2018, estima-se uma queda de 5% do mercado francês de tratamento de sementes em comparação com 2016.

 

Informações do Mercado

 

Em 2018, o trigo foi a maior cultura em termos de área tratada. Em relação a 2016, as áreas cultivadas mantiveram-se praticamente estáveis. Os agricultores costumam guardar uma parte das sementes geradas pela colheita para semear no início da estação seguinte, a fim de reduzir custos. Para o trigo, estima-se que mais de 50% das sementes plantadas na França venham destas sementes.

 

Os tratamentos com fungicidas representaram o principal tratamento de sementes em 2018, com mais de 9,8 milhões de hectares tratados na França, o que representa quase 89% da área total plantada. Embora os tratamentos com fungicidas representem a maior área tratada, são apenas cerca de 40% de participação de mercado em termos de valor, enquanto os inseticidas e misturas de inseticidas e fungicidas capturam juntos os 60% restantes. De fato, os ingredientes ativos para o tratamento de sementes com inseticidas são geralmente mais caros e utilizados em concentrações mais elevadas do que os ingredientes ativos para tratamento de sementes com fungicidas.

 

Mudanças de cenário para fornecedores de tratamento de sementes

 

Semences de France, uma filial do grupo In Vivo, permaneceu como o maior fornecedor de sementes em 2018, seguido pela Limagrain e pela Pioneer Semences. A Bayer tornou-se o principal fornecedor de produtos de tratamento de sementes devido à sua fusão com a Monsanto no início de 2018. Portanto, em 2018, a Syngenta se tornou a segunda fornecedora líder de tratamentos de sementes na França. A Syngenta e a Bayer juntas capturam uma participação de 86,4% do mercado global de tratamento de sementes na França.

 

O tratamento biológico de sementes é a resposta para este mercado?

 

Em 2018, o tratamento biológico de sementes foi ainda um mercado emergente na França, representando cerca de 0,6% do tratamento geral de sementes em valor no país. Atualmente, todos os tratamentos biológicos de sementes registrados podem ser usados tanto na agricultura convencional quanto na orgânica. Em 2018, o trigo e as batatas foram as únicas culturas em que os tratamentos biológicos de sementes foram registrados. Enquanto o mercado de tratamento biológico de sementes ainda está emergindo, a Kline projeta um crescimento anual para este mercado de quase 22%, de 2018 até 2028.

 

“Seed Treatment: Global Market Analysis and Opportunities” apresenta uma análise detalhada com perspectivas exclusivas para um dos setores mais dinâmicos em todo mercado de proteção de culturas.

 

 

Para mais informações, entre em contato com a Factor-Kline

Fonte: Kline & Co

 

Please reload

CATEGORIAS: