Aditivos lubrificantes: falta de suprimentos cria necessidade de novas estratégias


O mercado de aditivos para lubrificantes já enfrentou um ano difícil em 2020 e 2021 não começou muito melhor.

Inicialmente, o COVID-19 interrompeu a fabricaçãodesses aditivos e viagens não essenciais, reduzindo muito a demanda de lubrificantes e, consequentemente, a demanda de aditivos. Isso foi amenizado porque osfabricantes de lubrificantes continuaram a fabricar o produto e a encher seus depósitos no caso de suas fábricas também serem fechadas. Esse fato ajudou a amenizar alguns dos impactos das paralisações e restrições enfrentadas pelos fabricantes de aditivos, mas também atrapalhou seu planejamento para o resto do ano.

O declínio da demanda causada pela pandemia levou alguns fornecedores a um certo relaxo com seu estoque de material e produção enquanto o mundo lutava com a pandemia. Isso causou problemas quando a fabricação e o transporte comercial voltaram do “lockdown” e a demanda por lubrificantes voltou a crescer.

As refinarias responsáveis por fornecer muitos dos produtos químicos usados ​​para fabricar os aditivos de lubrificantes, aproveitando a calmaria na demanda, fecharam para manutenção planejada e, portanto, não foram capazes de fornecer os volumes completos de produtos químicos de que os fabricantes de aditivos precisavam quando as coisas voltaram ao normal.

O vírus COVID-19 já viu várias ondas de disseminação de infecções (mais recentemente na Índia), o que pode continuar a impactar a indústria de aditivos para lubrificantes. O transporte também está afetando as cadeias de suprimentos, já que as rotas tradicionais, como frete aéreo (dependendo de aviões de passageiros), diminuíram em capacidade devido à redução nos voos; isso aumentou a demanda por transporte marítimo, rodoviário e ferroviário.

Os fabricantes de lubrificantes estão encontrando dificuldades para obter as quantidades de aditivos necessárias para satisfazer a demanda de seus clientes, e alguns fornecedores de aditivos tiveram que colocar seus clientes em espera. Infelizmente, as cadeias de suprimentos globais correm o risco de quebrar caso a pandemia feche novamente as principais fontes de materiais ou interrompa as rotas de navegação e o transporte aéreo como estão agora.

Na melhor das hipóteses, espera-se que a cadeia de abastecimento de aditivos lubrificantes retorne a alguma forma de normalidade em um ano se as vacinas puderem controlar a pandemia, embora possa demorar mais, dependendo de como o vírus se transforma e se espalha.

O COVID-19 provavelmente fará com que alguns participantes do setor fechem, enquanto outros repensarão suas estratégias de cadeia de suprimento e tentarão reduzir quaisquer dependências de fonte única. Isso também pode resultar em algumas empresas fazendo parceria com fornecedores menores de aditivos, trabalhando com eles para desenvolver suas capacidades técnicas para que possam se tornar no futuro um fornecedor alternativo deprodutos para a produção de aditivos ajudando assim aeliminar quaisquer riscos de fornecimento no futuro.

O ano de 2021 provavelmente será difícil para a indústria de aditivos para lubrificantes, pois ela enfrentou um número sem precedentes de problemas que estavam fora de seu controle. A próxima temporada de furacões pode dificultar ainda mais a situação.

Para saber mais sobre os desafios e oportunidades do mercado de aditivos para lubrificantes, assine nosso estudo Global Lubricant Additives: Market Analysis andOpportunities, examinando o mercado de aditivos para lubrificantes em 22 categorias de produtos automotivos e industriais, observando o impacto curto e longo prazo da pandemia global de COVID-19 no consumo e tendências de mercado. Ele também analisará o crescente mercado de aditivos para fluidos EV e se concentrará nas principais tendências, desenvolvimentos, mudanças, desafios e oportunidades de negócios.

Para mais informações acesse nosso site http://www.factorkline.com.br/ ou entre em contato com nossa empresa através do telefone (11) 3624-8721

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

CATEGORIAS:

ARTIGOS RECENTES: