Transformações radicais no horizonte para a Sanofi



No início deste mês, a Sanofi anunciou uma nova visão estratégica para sua divisão Consumer Healthcare. A nova chefe da divisão, Julie Van Ongevalle, compartilhou que a empresa se concentrará nas principais marcas e categorias, ao mesmo tempo em que busca mudanças de Rx ( medicamentos que precisam de prescrição médica para serem vendidos ) para OTC ( medicamentos de venda livre ) de primeira classe nas categorias de DE ( disfunção erétil) e gripe nos Estados Unidos. Os principais componentes para o crescimento futuro dos negócios OTC da Sanofi nos Estados Unidos são os novos switches Rx para OTC. A empresa está empenhada em seu trabalho para desenvolver versões sem prescrição de Cialis para disfunção erétil e Tamiflu medicação para influenza nos Estados Unidos. Em dezembro de 2020, a Sanofi tinha mais de 16 estudos clínicos completos ou em andamento para dar suporte aos pedidos de comercialização OTC desses dois medicamentos. Testes de uso real para entender como os consumidores se comportam e interagem com esses medicamentos serão fatores-chave para o sucesso das trocas. Essas marcas têm potencial para ser sucessos de bilheteria, pois atualmente não há medicamentos para nenhuma das doenças tanto para a DE quanto para a influenza, sem receita médica nos Estados Unidos. Análises detalhadas de ambos os medicamentos e a probabilidade e tempo de aprovação e previsões de vendas estão incluídas no estudo Rx-to-OTC Switch Forecasts da Kline.

A Sanofi planeja mudar a visão de 150 marcas globais que não fazem parte dessa nova visão estratégica. Depois de desmembrar sua unidade de Consumer Healthcare em dezembro de 2020, a meta é que ela seja capaz de operar de forma independente até 2022. “Nosso desempenho tem sido afetado anualmente por problemas relacionados ao produto em muitas de nossas marcas franqueadas”, observou Van Ongevalle, referindo-se a problemas de recall de produtos com a franquia Zantac e mudanças nos requisitos regulamentares na Europa e nos Estados Unidos. Ao descartar marcas não essenciais, a Sanofi“liberará recursos para se concentrar no que agrega valor”, disse Van Ongevalle. “A boa notícia é que temos um portfólio muito bem diversificado entre países e categorias, com potencial ainda não explorado em marcas globais e locais já fortes. E temos a oportunidade de construir sobre essas marcas de nomes mais fortes, abraçando nossa complexidade para liberar o potencial dessas marcas. ”

No futuro, a Sanofi planeja concentrar seus esforços de marketing digital e de comércio eletrônico em 100 marcas globais nas categorias que identificou como tendo forte potencial de crescimento:

Analgésicos

Probióticos

Alergia

Analgésicos orais

Saúde mental

Ajudas para dormir

Suplementos para a saúde óssea e hepática

Bem-estar físico

Essas categorias foram identificadas como as que estãocrescendo as taxas mais rápidas do que a indústriafarmacêutica em geral. Análises aprofundadas dessas categorias de crescimento são traçadas no novo serviço de assinatura PULSE do Consumer Healthcare da Kline. Com profunda experiência por mais de quatro décadas no mercado de OTC, a Kline está posicionada de maneira única para fornecer percepções de mercado e recomendações ​​baseadas em pesquisas atualizadas com os principais participantes da indústria. Além disso, a equipe de consultoria de gerenciamento da Kline, com seus serviços de M&A ( setor de fusão e aquisição ) e de suporte de estratégia, alavancaria o suporte personalizado e serviços de inteligência competitiva para os participantes da indústria, considerando aquisições de marca. A equipe tem experiência em trabalhar com investidores corporativos e institucionais.

Para mais informações entre em contato conosco através do site Factorkline.com.br, através do e-mail Vinicius@factorkline.com.br ou através do número +55 (11) 3624-8719

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

CATEGORIAS:

ARTIGOS RECENTES: 

© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook