© 2016 Factor-Kline

  • LinkedIn - Black Circle
  • b-facebook
Please reload

ARTIGOS RECENTES: 

SIGA-NOS

  • LinkedIn - Grey Circle
  • Facebook - Grey Circle

Personalização como forma de diferenciação

Devido à saturação do mercado ante a entrada exaustiva de novos produtos e marcas, fica cada vez mais competitivo o lançamento de cosméticos e produtos de higiene pessoal. As empresas reconheceram a necessidade de agir em relação a esse problema e estão recorrendo à personalização para focar diretamente nas necessidades e nos desejos do consumidor. Nosso próximo relatório de inteligência competitiva “Personalized Beauty: U.S. Market Assessment and Opportunities” detalha este cenário e examina as diferentes táticas que as empresas usam para competir nesse emergente segmento de mercado.

 

Questionários rápidos são usados especialmente por novas marcas que entram no mercado e visam identificar o perfil e as preferências do consumidor: Hairstory e Madison Reed são duas marcas com uma lista de produtos próprios para os cabelos que incentivam os visitantes a completar esses questionários antes de comprar ou ainda a pesquisar em detalhe sobre seus produtos para garantir que eles recebam o produto certo para suas necessidades individuais.

 

O serviço de beleza “por assinatura” Ipsy também usa um questionário detalhado para criar um perfil para seus assinantes. Todos são convidados a opinar sobre uma variedade de produtos e preferências de cores, juntamente com a frequência que desejam receber cada tipo de produto, para garantir que sua entrega mensal, feita com a devida curadoria, atenda às suas expectativas e desejos.

 

Exemplo de questão da Ipsy

 

Outras marcas afirmam personalizar completamente seu processo de desenvolvimento de formulações. A recém-chegada Mxt permite que os consumidores criem suas próprias formulações para cuidados faciais. Um exemplo no Brasil é a JustForYou, com produtos capilares. Depois que os consumidores criam seu perfil, a equipe de desenvolvimento formula um produto para atender às suas preocupações e objetivos.

 

Outras categorias de beleza estão buscando lucrar com essa forte tendência. Os dispositivos de beleza que usam Inteligência Artificial completam o mercado. Marcas como Clarisonic e Foreo usam um aplicativo para diagnosticar problemas de pele e ensinar os usuários sobre detalhes do seu tipo de pele. Esses dispositivos eliminam erros e diagnósticos incorretos do usuário, que podem ocorrer em questionários que buscam criar um perfil de personalização.

 

Luna fofo, da Foreo

 

A próxima edição do nosso relatório de inteligência competitiva “Beauty Devices: Market Analysis and Opportunities” demonstra que essa tendência deve continuar ao longo de 2019. O relatório analisará como o cenário tecnológico está evoluindo por tipo de dispositivo, quais são as mais recentes ofertas de produtos, bem como seus recursos e, também como as tendências da Coréia do Sul e da China estão impactando o mercado nos Estados Unidos.

 

Para mais informações, entre em contato.

 

Fonte: Kline&Co.

Please reload

CATEGORIAS: