Mercado de Cosméticos: Ingredientes Ativos

Como uma indústria que quintuplicou seu tamanho nas últimas duas décadas, os ingredientes ativos ainda são destaque no mercado de ingredientes em geral, que por si só é uma área chave de crescimento para os fornecedores de especialidades químicas.

Na década de 2000, os mercados da Europa dos Estados Unidos, para as três categorias líderes de ativos (botânicos, proteínas e peptídeos, e produtos da biotecnologia) geraram conjuntamente menos de 200 milhões de dólares. Sederma, a líder de mercado naquela época foi comprada pela Croda por 66 milhões de dólares (o que, comparado com os números de hoje, é um ótimo negócio). Outro participante chave do mercado, a Laboratories Serobiologiques, foi adquirida pela Cognis em 1999. Outras empresas importantes naquele tempo eram a Arch (Brooks), a Collaborative, a Pentapharm, a Active Organics, e a Amerchol – e todas foram compradas. O mercado havia há pouco migrado de ingredientes de base animal, como o colágeno e a lanolina, para os ingredientes botânicos. A Matrixyl, lançada em 2000, deu origem a um novo segmento: peptídeos sintéticos, um nicho de ingredientes ativos altamente fundamentado e direcionado pela tecnologia.

Já na década de 2020, o mercado de ativos gera receitas anuais de mais de um bilhão de dólares, tendo experimentado uma taxa composta anual de crescimento (CAGR) de dois dígitos nos últimos 20 anos, oferecendo, portanto, uma das melhores margens de lucro nos negócios. Botânicos, peptídeos sintéticos e biotecnológicos contribuíram significativamente para a expansão do mercado. A base de fornecedores também desfrutou de uma atividade intensa de fusões e aquisições, com a maioria dos fornecedores proeminentes de ingredientes procurando adicionar fornecedores atrativos de ativos aos seus portfolios. As aquisições refletiram investimentos relacionados com pesquisa e desenvolvimento e conformidade legal, incluindo gastos para comprovar a composição dos produtos e construir confiança em torno deles. Em suma, a base de fornecedores é agora muito mais consolidada do que antes.

Apesar do mercado de ativos de cuidados pessoais ter crescido significativamente, ele ainda é uma indústria de crescimento dentro da indústria de beleza, constituindo-se como fonte de muitas oportunidades, ao passo que os fornecedores tentam responder perguntas como: Qual é a próxima grande inovação? Os probióticos vieram para ficar? Os neurocosméticos ou os microbiomas dérmicos são os produtos do futuro? Quais alvos de aquisição interessantes ainda estão no mercado?

O time da Kline procura responder essas mesmas perguntas na edição mais recente do relatório Specialty Active Ingredients for Personal Care. Esse estudo é respeitado e reconhecido pela indústria como a fonte líder de dados do setor competitivo e do mercado (e mais), e tem sido publicado periodicamente desde 2003. Além disso, o estudo conta com um capítulo específico sobre o Brasil, que avalia a demanda atual e prevê a demanda futu


ra pelos principais ingredientes e funcionalidades, preços, canais de distribuição, vendas de fornecedores, e tendências técnicas e de mercado.

 

A Kline é reconhecida como líder na consultoria de gestão de escolhas em planejamento estratégico, planejamento de negócios e suporte em aquisições para a indústria de ingredientes cosméticos. Na América Latina, o grupo Kline age por meio de sua filiada, Factor Kline. Para mais informações sobre o estudo e sobre o mercado de ingredientes ativos para cuidados pessoais no Brasil, acesse a brochura completa aqui, ou fale conosco por meio dos contatos listados abaixo.




VEJA NOSSAS REDES

  • Instagram - Black Circle
  • LinkedIn - Black Circle
  • Facebook - Black Circle

CATEGORIAS:

ARTIGOS RECENTES: